Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2013

** tOrmEntAs **

Eita que as águas deste rio está agitada e o vento sopra ingrato bagunçando meus cabelos. Sinto falta de escrever, mas meus textos morrem nas pontas dos dedos – talvez medo do retorno ou da vazão de sentimentos que tanto bloqueei a saída, como compotas reservadas para dias secos. Não dá mais para manter o meu universo paralelo, preciso voltar já que caminhei sem rumo por diversas estradas. Mas seria o mais sensato? Nem sei.
O amor definhou. A vida mudou. Me cansei de tudo um pouco e das pessoas boa parte.
Estranhamente segui a vida. Amadureci um bocado com meus vales e paraísos. Um contraste permanente e necessário. Havia mais sentimentos quando escrevia. Compaixão, dor e revolta. Alegria, sorrisos e felicidade instantânea. Hoje as palavras estão lá, jogadinhas em um canto íntimo, tentando me seduzir com a melhor das hipóteses. Resisto, mas hoje quis me embriagar delas até cair.
Hic! Vamos lá. Como todo bêbado, hoje quero chorar as pitangas. Sufoquei um amor com o travesseiro mais próximo, ele…