quarta-feira, 25 de novembro de 2009

** CoNtRaRieDadE **


Estou chateada agora.
Por que será que ser feliz incomoda tanto?
Não acho que seja ‘ridículo ser feliz’ e muito menos se mostro isso com palavras e atitudes.
Mas há os que pensam ao contrário. E aqueles que falam as coisas para machucar... Poxa, e essas pessoas são justas as que a gente menos se espera... Aquela que menos suponhamos que vai lhe dar uma rasteira...
Talvez o melhor seria manter meu silêncio absoluto para preservar meu estado de espírito já que ele incomoda tanto assim...
Não tenho problemas com opiniões ou sugestões contrárias. Mas também não posso ser hipócrita a ponto de ignorá-las. E se me fazem mal então, sou realista e estampo isso no meu rosto. Natural.

Sempre quis viver um conto de fadas. Sempre disse isso aqui. Sou mesmo daquelas que se esconde em um espelho... me faço de forte... me cerco de minhas muralhas... mas na verdade sou autêntica aos meus sonhos e fantasiar sempre foi minha diversão predileta. Sonhei sim com um príncipe encantado... o procurei... e o tempo me fez desistir... Mas agora é diferente... eu o encontrei... Sim, encontrei. Mesmo que tudo se acabe ou que tenha prazo de validade... um dia... um mês... um ano – não importa – o que vale pra mim de fato são os momentos que vivi intensamente, aqueles que fui feliz...

E se fui ridícula em ver o mundo de cores diferentes, isso é problema meu.
Porque meu mundo agora está brilhando com cores vibrantes... está cheio de fantasia... está transbordando de coisa boa, sentimentos bons e puros. É... eu ainda posso sentir isso. Não me importo se incomodo.
Há os que mantêm os olhos na verdade... E há os que vivem uma mentira diária.
Não posso alterar a visão de ninguém.
Posso e devo seguir minha vida... Sorrir apenas pra ela ou por ela...
Já chorei muito, em longos períodos. Cansei dessa amargura.

A realidade se confunde com a magia. Ofusca os carentes de amor. Causa-lhe rancor.
Mas não fique assim, uma hora o sonho encantado te pega de jeito...
Bagunça tua vida...
Faz-te ridículo (a) como eu.
E sejamos felizes ridiculamente... Porque o amor, Ah... Esse tem cor... Tem sabor... E poder para que monte o seu próprio castelo... De areia ou de concreto... Não importa...

Apenas seja feliz como for!


Besos
Janynha
************************

P.s.; Ao meu então amigo Duda e minha querida Lulu rogo a Deus paz e conforto... essa tempestade passará... e o castelo de vocês voltará a ter as belas flores de sempre... Viva Duda... viva intensamente... é o que esperamos de vc... Adoro vocês!

terça-feira, 24 de novembro de 2009

** SeJa IntEnsOo **

Intensidade é um grau elevado.
É viver como se a cada manhã fosse a ultima de sua vida.
É fazer as coisas com o coração, de peito aberto... sem se preocupar com o minuto seguinte, com os pensamentos contrários.
Intensidade é um estado de espírito... É ficar em êxtase por longo período.
Posso me considerar intensa.

Somos intensos quando amamos...
Quando odiamos...
Quando sorrimos...
Somos intensos quando nos sentimos vivos, mas da maneira completa, do jeito certo de ser e não pela metade.
Há pessoas que vivem pela metade (puts quantas vezes vivi assim).
Amam pela metade... são felizes pela metade... entregam-se pela metade.
Talvez devido a um trauma, uma dor ou sei lá o que...
Talvez por realmente não saberem viver.

Eu ainda não sei de tudo. Mas chutei o balde em relação as minhas próprias reservas, principalmente as de ser feliz...
Diversifico-me sempre que posso e o resultado está sendo positivo. Sou várias em mim.
Sou intensa.
Sou eu mesma e em outras me escondo, afinal não dá pra ser transparente o tempo todo diante de um mundo tão incompreensível – alias - a mente alheia é incompreensiva. É cruel nos julgamentos, mata sua felicidade e a minha.
Mas não me importo.

Sou intensa porque vivo apenas minha vida.
Meus estados de espíritos são presentes para cada emoção. Nunca falham.

Hoje estou mais feliz que ontem...
Sinto o calor das emoções pulsando intensamente em minhas veias.
O que me falta?
Absolutamente nada.
Tudo que procurei com a alma encontrei nesse momento.

Ganhei de presente um coração novo.
Um coração intenso.

P.s.; trinta dias de felicidade não é mole não minha gente!!! Obrigadaa Paixãozonaaa da minha vida... estar com você é tudo de mais intenso pra mim.

Besos e + besos





domingo, 22 de novembro de 2009

** O VerDadEiRo SenTidO ReTorNa**


Eu disse que ia ser difícil não disse?
E cada hora que se passou foi torturante...
O chão sumiu... O céu escureceu... E a chuva molhou minha alma...

Gosto de tomar chuva quando estou triste (sem chapinha é claro). Parece que ela leva qualquer emoção... tudo vai para o ralo mais próximo... e me deixa anestesiada... fora de si...
Saudade não tem tradução e por mais que eu queira expor aqui... Deliberadamente eu não consigo.

Parte de mim está por aí... Uma boa parte, talvez a mais necessária...
Nada que eu faça me rende algum retorno positivo...
Nenhuma pessoa consegue me fazer sorrir daquele jeito...
E meus olhos nesses dias estão negros... Perceptíveis apenas para os mais sensíveis...

Disse que era assim não o disse?
Eu sou profunda ao extremo quando quero...
Sou eu... a velha de sempre mas que guardada a sete chaves...
E minha chave está por aí...

Eu a encontrei e por alguns dias o vento a levou de mim!
Dias insuportáveis.
Horas que se arrastavam.
Lembranças que maltratavam.

Só me restou a saudade.
Porque as certezas eu já as tinha. Absolutas. Imponentes.
E como todo amor, precisa de solidão para se alimentar... eis que o meu... está saciado.
Chega dessa tortura!

Quero-o de volta aqui...
Minha felicidade desenhada em um único ser.

Dei uma espiadinha rápida lá fora e me surpreendi... O céu está azul mais uma vez...
É a felicidade retornando para casa...
A história vai continuar... com ele, comigo... com nós...
Nada de deixar para depois... se o hoje nos empurra ao nosso mundo...

Se achegue minha paixão!
Não suporto mais ficar Sem Você.


by Janynha
17:36h

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

" AoNde EsTá Vc aGoRa, aLéM de AqUi DeNtRo d Mim"


Te ver partir não vai ser nada fácil... é eu sei bem...
Ficarei aqui, eu e minha saudade absurda... porque essa aí é latente... Pulsa junto com meu coração, não dá pra ignorar. Pôw ela existe!

Mas também se não fosse por ela meus olhos não brilhariam... eu não sorriria... não sentiria esse desejo louco de estar com você. Sinto saudade ainda mesmo quando está comigo. E procuro congelar na lembrança cada momento... cada toque... cada encontro de almas... Tudo está eternizado em mim.

Será à distância a culpada dessa vez e não a saudade.
Culpo os quilômetros, os lugares longes onde não posso ir.
Estou nostálgica. Essa é a palavra certa para expressar meu eu interior e exterior.
Do que me adianta sorrir se você não vai ver... do que me adianta acordar de manhã e saber que me sinto só? Não adianta nem se esforçar, pois haverá sempre alguma coisa que me trará seu perfume... que me fará ver seu olhar... que me fará sentir sua presença impregnada...
Na real, não quero nada.
Quero ficar quietinha num quarto escuro até o seu retorno. Era assim que fugia da realidade quando era criança, era assim que superava meus medos.

Mas...

Meu ponto de luz... você estará nas estrelas, no brilho da lua, não estará???
Sei que estará. Você me disse... Prometeu... E estaremos juntos.

Devolvo-te por hora ao seu mundo, mas saiba que estarei contando os segundos para que volte a iluminar o nosso...
Aquele onde não há intrusos... Onde não há tristezas e nem choro...
Há amor infinito, amor colorido...

É ele quem vai cuidar de mim na sua ausência. É ele quem vai alimentar meu ser...
E fazer com que todos os dias amanheça um dia lindo e me faça esquecer e viver...
... Apenas por você!


"A saudade é a nossa alma dizendo para onde ela quer voltar".

By Janynha

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

** SaBiA Q ChEgAriA **


O tempo passou pra mim depressa...
Pra você ainda não!
Ele me trouxe algumas flores a mais
E pra você não!

Fez com que eu tivesse mais horas de vida
E pra você ainda não!

Fui do Oiapoque ao chui...
Nasci, cresci... vivi...
E nada de você ainda...

O destino foi implacável..
Trouxe tantas coisas pra mim...
E pra você, está te entregando agora...
Pouco a pouco o doce da vida...

Não quero que sinta o dissabor...
Ou que conheças o amargo...
Poxa, quero que sua vida seja sempre um jardim
Lindas flores... perfumes suaves...

Já que vim antes de ti...
Tenho a obrigação de segurar suas mãos...
De te proteger do sol.. da chuva.. do vento...
Porque mesmo sem saber, já fazia parte de mim...

Hoje você está aqui...
Está por aí...
Está ali...

Por toda parte que olho,
Lá está você...
Talvez porque nunca tenha saído de dentro de mim...
Talvez porque estivesse adormecido nesse tempo todo de cruel ausência que senti...
Mas sempre aqui.

Amei você esse tempo todo
E esperei chegar...
Esperei sua vez...

Porque quando olho pra você, não existe tempo!
Existe sentimento
De outras vidas e de toda saudade contida...

Agora é hora apenas de ser feliz...
Pois te reencontrei,
Minha vida!


P.s.; O que será que está acontecendo comigo meu Deus!!! Que isso seja transbordado, porque estou mesmo muito feliz... Abençoados momentos.

By Janynha

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

** ApEnAs MeUuu **


O que escrever quando se está anestesiada de alegria?
Quando as emoções são tão fortes e verdadeiras a ponto de me deixarem sem palavras!
Acho melhor não dizer nada... Para que não seja despertada a inveja alheia....

As nuvens cinzas então ao longe... daqui ainda posso vê-las, mas perderam as formas bizarras...

Não há fórmula, manual ou explicações para se sentir feliz. Porque a felicidade não é densa, não tem cor e nem cheiro... Ela é o vento suave no rosto... É a batida do meu coração descompensado... É meu sorriso... e meus gestos desajeitados...

Sinto-me diante de cristais que ofuscam minha visão, que ao se tocarem me envolvem numa melodia graciosa... e seu brilho, irradia minha alma. Sinto-me tão fora de mim!
Estou melosa... (risos) ... isso eu tenho plena certeza.
To feito os poetas que vivem de amor...
Estou estagnada de paixão!

E eu precisava de tão pouco!
E Deus me deu esse presentão (grande mesmo kkkk)...

BesoOoo
Janynha



terça-feira, 10 de novembro de 2009

"DiviSõeS"


“Somos seres vibracionais e, portanto, emitimos energia. Essa energia vibra em diferentes freqüências e se liga a pessoas e acontecimentos que estejam na mesma sintonia. Portanto, pensamentos positivos atraem fatos positivos”

Hmmm preciso urgentemente encarnar a frase!
De ontem para cá, o tempo fechou... e como detesto nuvens cinzas, tratei logo de correr... Mas não adiantou, fui pega no caminho...

To apertada aqui num cantinho... e esses raios me assustam cada vez mais (como detesto me sentir acuada meu Deus!). Por que será que justo pra mim não consigo ver nada claro... Só sinto medo... medo...
A felicidade anda me deixando em choque, isso sim.
Chego a ter medo dela... E até chorei pedindo para que não me abandonasse...
Eu quero conhecê-la... usufruí-la... tê-la... amá-la... Quero que permaneça em mim, todos os dias... Cada segundo do meu tempo.

Nada me adianta se tenho que subir a montanha com tantas malas, as quais chamo de experiências... Se no meio do caminho eu irei me cansar e terei que seguir sem elas (Se é que pretendo chegar até o topo sem me sentir muito exausta).
Porque na minha percepção as experiências não contam quando surge algo novo...
As experiências são apenas experiências... Meras conclusões boas ou ruins de fatos passados.
Mas a maldade humana está aí. No julgamento precoce. Na ilusão de se criar barreiras para aqueles que a vida resolveu fazerem felizes (com malas ou sem malas).

Não vou dar muita importância ao mundo não, acabei de crer...
Vou viver... Me libertar desses fantasmas que não me servem de nada e não acrescentam nada na minha vida.

A única coisa que me importo é essa tal felicidade... Não perdê-la... Não desisti dela... e muito menos deixar que ela passe... pra nunca mais voltar... isso jamais!


Besos
Jana







domingo, 8 de novembro de 2009

** SeM FrOnTeiRaS **


De repente o conto de fadas se faz real...
O destino entrega nas minhas mãos algo inesperado, de supetão.
Como não aceitar e não gostar logo de cara?
Se é tudo como pintei trilhões de vezes na minha memória vazia...
Sonhos iam e viam,
Mas ser feliz mesmo eu não sabia...

Soube que bastaria acreditar, mas já tinha matado as esperanças uma a uma
Devido à demora do tempo chegar...
Meu romantismo havia sido arquivado na memória... Numa caixinha simples, guardada num canto qualquer do meu ser...
Eu estava lá com ela... Sempre nas angustias... E mesmo assim não queria lembrar.

Ah! Pra que lembrar que já fui doce,
Apaixonante, vidrada no amor e na emoção...
Lembrar que tinha o sorriso sincero e o coração sem riscos...
Por isso eu corria dessa caixinha... e assim a deixei esquecida...

Mas alguém chegou...
Preencheu as lacunas
Tomou posse de mim sem permissão
Tirou-me da minha própria caixa e continua segurando minhas mãos...

Não sinto medo se amanhã tiver que escrever linhas tristes novamente...
Eu só tenho medo de não saber viver o momento direito...
Mas desde já, penduro as chuteiras do medo... Quero ser feliz... Nem que seja apenas agora ou um pouco amanhã...
Vou bebendo essa alegria aos goles, pouco a pouco, para que o sabor permaneça em minha boca, para que o vento traga o perfume suave da felicidade...
Afinal não posso vê-la, mas posso senti-la (...)


“Todos temos que ter um amor pra recordar”

By Jana