Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2009
As cortinas de 2009 se fecham para mim. Final de uma longa temporada, final de mais um espetáculo – pois viver de qualquer forma é um espetáculo peculiar, só nosso.
Encerro o ano com gostinho agridoce.
Azedo no começo e adocicado no final.

Choros, sorrisos. Decisões importantes. Crescimento interior.
Alias cresço a cada dia quando meu pai celestial me permite modificar a linha do pensamento... quando me faz analisar, observar e modificar.
Não sou mais como antes. Pow, tenho 28 agora (risos)!

A cada ano da minha vida que sou obrigada a dar adeus, sinto que ganho muito mais em troca. Perco-me na nostalgia da infância, de minha saudosa adolescência, mas o que eu sempre quis mesmo era ser gente grande. Queria ser mulher, daquelas de tirar o chapéu, cheia de autoconfiança, segura de si, potente. Sim. Nunca pensei que fosse ser menos que isso.
Construí minhas próprias muralhas, cerquei-me de todos os lados. Mas é inevitável não ser atingida vez ou outra... Pois mulheres com “M” maiúsculo dependem …

** With all my heart **

Ando tão sem palavras ultimamente. Nessa época é sempre o mesmo sentimento... tenho vontade de sair de mim e retornar apenas quando as festas terminarem. Ano novo batendo na porta e eu me desprendendo do que já se foi... que não verei mais, que não sentirei mais. O passado tem uma força incrível. Ele nos trás as lembranças, mas as sensações idênticas jamais. É tudo diferente no futuro. Se chorei, se amei antes, o amanhã trará tudo novo... nada é igual.
Sentirei saudades do que foi bom... das boas emoções, de todas as vezes que sorri de peito aberto, das pessoas, dos momentos... mas agora é hora de guardar tudo dentro do coração, fazer virar recordações daquelas que só de lembrar dói a alma...

Continuo feliz. Ao extremo.
Cada dia mais e mais...
Como se todas as coisinhas negativas que sou obrigada a vivenciar, fossem agora apenas nada... Diante da felicidade monstro que sinto... Gigantesca mesmo.

A paixão agora está mais serena...
Aquela coisa boa de se curtir...
Como se estivesse de férias, …

** TuDoOo ReNasCe a CaDa ManHã **

O sol amanheceu em mim...
Acordei zonza, tudo rodando... mas depois vi a tremenda tempestade interior indo embora.. Foi aos poucos me abandonando...
Correnteza de sentimento invadiu meu ser. Inundou tudo. E disse então adeus à fragilidade instantânea, pois se amo... sou uma fortaleza... e não permitirei ser abalada por qualquer temor...
É o hoje que me importa, afinal estou vivendo-o intensamente.
Guardo os medos, as angustias. Saberei me cuidar se tiver um dia que escorregar na ponta do abismo, mas não vou pensar nisso não.

A paixão existe para desestruturar meu cotidiano, para me fazer nova a cada dia.
Se eu era assim ou daquele jeito, hoje sou diferente. Penso com o coração... e esse aí me leva a lugares nunca antes habitado... paisagens... brisas... felicidade.

Só quero você paixão!
Não há nada no mundo que possua tamanha importância ou que eu dê tanto valor.
Um misto de amor, proteção, suavidade... de paz.

Recebo em troca palavras de amor...
E elas me preenchem de tal forma que nem sei expl…

** MomEnToS **

As palavras estão entaladas hoje na garganta... como se não houvesse sentido colocá-las para fora. Estou me sentindo ausente. Um misto de carência, agonia e pressentimento. Estranho!
Estou bem. Mas a necessidade de sair correndo sem rumo, me esconder num quarto escuro, tapar meus ouvidos e ouvir só a minha respiração é grande. Acordei triste, isso sim. Mas na verdade nem sei porque.
Senti um medo do sonho se desfazer...
Senti medo de perder novamente.
É como se isso a qualquer momento fosse acontecer.

Não tenho como retornar pelo caminho que fui deixando para trás. Eu subi o morro... e ele é alto demais. Fui além. E só eu sei a proporção desse sentimento.
Ignoro o medo sempre que posso. Aprendi a controlá-lo. Mas não sou imune as minhas reações emocionais, tão presentes ao longo desta vida.
Sinto-me adocicada pela felicidade, mas hoje eu me lembrei do amargo.
Então me calei.
Não tenho argumentos para me defender disso. Não sou forte o bastante.
Sou como sempre. Sensível e vulnerável a dor. Pelo…

** QuEiRa VivEr **

Li os jornais hoje.
Mortes, suicídios.
É horrível saber que uma pessoa tirou sua própria vida do caminho.
Já tive momentos em que achei que não iria suportar... que se a morte se adiantasse seria um alivio, mas olha como pensei errado. Eu lutei. Fui a fundo e algo em mim (que chamo de força divina) foi bem maior que toda tristeza que estava disposta a roubar-me a vida.
Sem contar que minha crença abomina tal situação, mesmo ela sendo uma atitude individual, de livre arbítrio... um ato deliberado de extinguir a própria vida. Sou contra.

Sou a favor da vida. Da luta, da guerra pessoal e em se obter uma vitória satisfatória contra si mesmo. Nada melhor que vencer medos, frustrações e problemas que mais parecem furacões, tsunamis em grande escala.

Há os que tiram a vida para se tornarem história (por ex caso do Getúlio Vargas, etc, etc). Há aqueles que querem apenas sair de uma situação desesperadora, de grande sofrimento, julgando-se incapazes de ter esperanças. Há os que dão fim a vida, apena…

** SoNhoS pReSenTes, SoNhoS pAsSadOs **

Taí um lugar que eu gostaria de ver pra crer. Por mais que eu veja fotos, leia sobre o assunto... o Egito sempre será um sonho impossível – por dois motivos – um lugar muito distante e por não achar que terei tanta grana assim para conhecê-lo.
Mas sonhos são sonhos.
Dá pra acreditar numa figura como as Pirâmides?
Fico tentando imaginar o povo que ali deu seu sangue (povo este já liberto e que levaram cerca de 20 anos para construir tal pirâmide, uma delas eh claro)... O que será que se passava na mente deles... Como era a vida deles... E na minha tosca conclusão tudo me parece tão comum, tão natural, tão meu. Em algum momento dessa vida, devo ter feito minha parada obrigatória por lá - espiritualmente falando é claro. Esse mistério que envolve essas terrinhas me suga, me chama. Porque senão, como explicar um amor tão profundo por um lugar onde o tempo se é imperador, rei absoluto e que nunca estive lá?.

As pirâmides de Gizé (esse é o nome correto) foram erguidas em homenagem ao Faraó Quéo…

** CoNtRaRieDadE **

Estou chateada agora.
Por que será que ser feliz incomoda tanto?
Não acho que seja ‘ridículo ser feliz’ e muito menos se mostro isso com palavras e atitudes.
Mas há os que pensam ao contrário. E aqueles que falam as coisas para machucar... Poxa, e essas pessoas são justas as que a gente menos se espera... Aquela que menos suponhamos que vai lhe dar uma rasteira...
Talvez o melhor seria manter meu silêncio absoluto para preservar meu estado de espírito já que ele incomoda tanto assim...
Não tenho problemas com opiniões ou sugestões contrárias. Mas também não posso ser hipócrita a ponto de ignorá-las. E se me fazem mal então, sou realista e estampo isso no meu rosto. Natural.

Sempre quis viver um conto de fadas. Sempre disse isso aqui. Sou mesmo daquelas que se esconde em um espelho... me faço de forte... me cerco de minhas muralhas... mas na verdade sou autêntica aos meus sonhos e fantasiar sempre foi minha diversão predileta. Sonhei sim com um príncipe encantado... o procurei... e o tempo m…

** SeJa IntEnsOo **

Intensidade é um grau elevado.
É viver como se a cada manhã fosse a ultima de sua vida.
É fazer as coisas com o coração, de peito aberto... sem se preocupar com o minuto seguinte, com os pensamentos contrários.
Intensidade é um estado de espírito... É ficar em êxtase por longo período.
Posso me considerar intensa.

Somos intensos quando amamos...
Quando odiamos...
Quando sorrimos...
Somos intensos quando nos sentimos vivos, mas da maneira completa, do jeito certo de ser e não pela metade.
Há pessoas que vivem pela metade (puts quantas vezes vivi assim).
Amam pela metade... são felizes pela metade... entregam-se pela metade.
Talvez devido a um trauma, uma dor ou sei lá o que...
Talvez por realmente não saberem viver.

Eu ainda não sei de tudo. Mas chutei o balde em relação as minhas próprias reservas, principalmente as de ser feliz...
Diversifico-me sempre que posso e o resultado está sendo positivo. Sou várias em mim.
Sou intensa.
Sou eu mesma e em outras me escondo, afinal não dá pra ser transparente …

** O VerDadEiRo SenTidO ReTorNa**

Eu disse que ia ser difícil não disse?
E cada hora que se passou foi torturante...
O chão sumiu... O céu escureceu... E a chuva molhou minha alma...

Gosto de tomar chuva quando estou triste (sem chapinha é claro). Parece que ela leva qualquer emoção... tudo vai para o ralo mais próximo... e me deixa anestesiada... fora de si...
Saudade não tem tradução e por mais que eu queira expor aqui... Deliberadamente eu não consigo.

Parte de mim está por aí... Uma boa parte, talvez a mais necessária...
Nada que eu faça me rende algum retorno positivo...
Nenhuma pessoa consegue me fazer sorrir daquele jeito...
E meus olhos nesses dias estão negros... Perceptíveis apenas para os mais sensíveis...

Disse que era assim não o disse?
Eu sou profunda ao extremo quando quero...
Sou eu... a velha de sempre mas que guardada a sete chaves...
E minha chave está por aí...

Eu a encontrei e por alguns dias o vento a levou de mim!
Dias insuportáveis.
Horas que se arrastavam.
Lembranças que maltratavam.

Só me restou a saudade.
Por…

" AoNde EsTá Vc aGoRa, aLéM de AqUi DeNtRo d Mim"

Te ver partir não vai ser nada fácil... é eu sei bem...
Ficarei aqui, eu e minha saudade absurda... porque essa aí é latente... Pulsa junto com meu coração, não dá pra ignorar. Pôw ela existe!

Mas também se não fosse por ela meus olhos não brilhariam... eu não sorriria... não sentiria esse desejo louco de estar com você. Sinto saudade ainda mesmo quando está comigo. E procuro congelar na lembrança cada momento... cada toque... cada encontro de almas... Tudo está eternizado em mim.

Será à distância a culpada dessa vez e não a saudade.
Culpo os quilômetros, os lugares longes onde não posso ir.
Estou nostálgica. Essa é a palavra certa para expressar meu eu interior e exterior.
Do que me adianta sorrir se você não vai ver... do que me adianta acordar de manhã e saber que me sinto só? Não adianta nem se esforçar, pois haverá sempre alguma coisa que me trará seu perfume... que me fará ver seu olhar... que me fará sentir sua presença impregnada...
Na real, não quero nada.
Quero ficar quietinha num q…

** SaBiA Q ChEgAriA **

O tempo passou pra mim depressa...
Pra você ainda não!
Ele me trouxe algumas flores a mais
E pra você não!

Fez com que eu tivesse mais horas de vida
E pra você ainda não!

Fui do Oiapoque ao chui...
Nasci, cresci... vivi...
E nada de você ainda...

O destino foi implacável..
Trouxe tantas coisas pra mim...
E pra você, está te entregando agora...
Pouco a pouco o doce da vida...

Não quero que sinta o dissabor...
Ou que conheças o amargo...
Poxa, quero que sua vida seja sempre um jardim
Lindas flores... perfumes suaves...

Já que vim antes de ti...
Tenho a obrigação de segurar suas mãos...
De te proteger do sol.. da chuva.. do vento...
Porque mesmo sem saber, já fazia parte de mim...

Hoje você está aqui...
Está por aí...
Está ali...

Por toda parte que olho,
Lá está você...
Talvez porque nunca tenha saído de dentro de mim...
Talvez porque estivesse adormecido nesse tempo todo de cruel ausência que senti...
Mas sempre aqui.

Amei você esse tempo todo
E esperei chegar...
Esperei sua vez...

Porque quando olho pra você, não exi…

** ApEnAs MeUuu **

O que escrever quando se está anestesiada de alegria?
Quando as emoções são tão fortes e verdadeiras a ponto de me deixarem sem palavras!
Acho melhor não dizer nada... Para que não seja despertada a inveja alheia....

As nuvens cinzas então ao longe... daqui ainda posso vê-las, mas perderam as formas bizarras...

Não há fórmula, manual ou explicações para se sentir feliz. Porque a felicidade não é densa, não tem cor e nem cheiro... Ela é o vento suave no rosto... É a batida do meu coração descompensado... É meu sorriso... e meus gestos desajeitados...

Sinto-me diante de cristais que ofuscam minha visão, que ao se tocarem me envolvem numa melodia graciosa... e seu brilho, irradia minha alma. Sinto-me tão fora de mim!
Estou melosa... (risos) ... isso eu tenho plena certeza.
To feito os poetas que vivem de amor...
Estou estagnada de paixão!

E eu precisava de tão pouco!
E Deus me deu esse presentão (grande mesmo kkkk)...

BesoOoo
Janynha



"DiviSõeS"

“Somos seres vibracionais e, portanto, emitimos energia. Essa energia vibra em diferentes freqüências e se liga a pessoas e acontecimentos que estejam na mesma sintonia. Portanto, pensamentos positivos atraem fatos positivos”

Hmmm preciso urgentemente encarnar a frase!
De ontem para cá, o tempo fechou... e como detesto nuvens cinzas, tratei logo de correr... Mas não adiantou, fui pega no caminho...

To apertada aqui num cantinho... e esses raios me assustam cada vez mais (como detesto me sentir acuada meu Deus!). Por que será que justo pra mim não consigo ver nada claro... Só sinto medo... medo...
A felicidade anda me deixando em choque, isso sim.
Chego a ter medo dela... E até chorei pedindo para que não me abandonasse...
Eu quero conhecê-la... usufruí-la... tê-la... amá-la... Quero que permaneça em mim, todos os dias... Cada segundo do meu tempo.

Nada me adianta se tenho que subir a montanha com tantas malas, as quais chamo de experiências... Se no meio do caminho eu irei me cansar e terei …

** SeM FrOnTeiRaS **

De repente o conto de fadas se faz real...
O destino entrega nas minhas mãos algo inesperado, de supetão.
Como não aceitar e não gostar logo de cara?
Se é tudo como pintei trilhões de vezes na minha memória vazia...
Sonhos iam e viam,
Mas ser feliz mesmo eu não sabia...

Soube que bastaria acreditar, mas já tinha matado as esperanças uma a uma
Devido à demora do tempo chegar...
Meu romantismo havia sido arquivado na memória... Numa caixinha simples, guardada num canto qualquer do meu ser...
Eu estava lá com ela... Sempre nas angustias... E mesmo assim não queria lembrar.

Ah! Pra que lembrar que já fui doce,
Apaixonante, vidrada no amor e na emoção...
Lembrar que tinha o sorriso sincero e o coração sem riscos...
Por isso eu corria dessa caixinha... e assim a deixei esquecida...

Mas alguém chegou...
Preencheu as lacunas
Tomou posse de mim sem permissão
Tirou-me da minha própria caixa e continua segurando minhas mãos...

Não sinto medo se amanhã tiver que escrever linhas tristes novamente...
Eu só tenho medo…

** EsSa eH pRa vC S2 **

A luz do dia desperta minha alma...
Ela já não dorme direito
Com medo de perder cada momento...
Fica aqui, inquieta como se quisesse ser a dona do destino.
E com seu próprio punho escrever sua história.

O gosto da felicidade é doce.
E minha alma está sedenta...
Ela está sorrindo... hmmm ... Juro! Eu estou vendo.

Sentada no ontem eu desenhei o hoje...
Eu rabisquei, eu tentei fazer o melhor...
Muitos papéis amassei,
Afinal não queria uma coisa qualquer...
Queria o melhor.
Queria um coração feito o meu.

Ele está lá.. está aqui... e onde mais olho se faz presente...
É um coração de cristal
E chega a ofuscar de tanta beleza...

A miragem pelo menos sai do surreal.
É simples verdade.
Uma realidade palpável e sentida a todo instante.

Encontro de almas perdidas eu diria!
Talvez seja por isso que estejam tão felizes.
E nesse mundo absoluto e só delas, o amanhã não existe...

Do que me adianta o ‘lá fora’, se o ‘aqui dentro’ é pura magia?
Daqui posso ver coisas que achei que nunca mais as veria...
Vejo o coraçãode crista…

S2 FiQuE pArA sEmPrE S2

Puts... Nada como um dia após o outro!
Há uns dias estou adiando escrever algo que desde a última sexta-feira (bendita, diga-se de passagem) deu um toque especial em minha vida...
Um toque que nunca tinha vivido... um toque de azul, rosa, amarelo, vermelho e todas outras cores que nem me cabe citar. É como se tudo ganhasse outras formas, como se tivesse sido atropelada por uma avalanche de sentimentos bons e inesperados.

Alguém especial entrou aqui dentro...
Trouxe-me alegria, paz e um estado de êxtase de felicidade. Ele é tão perfeito, tão meu...
Será que Deus ouviu minhas preces nesses momentos de solidão que sempre tive?
Se não foi, porque então sinto que encontrei o que sempre procurei?
Porque estou assim tão ausente do meu mundo e me sentindo tão bem?

Realmente não dá para se explicar o inexplicável. Não dá aqui pra sair correndo e chorar de felicidade. Estou sendo egoísta, querendo tudo pra mim na mais reserva possível. Quero acreditar, se entregar e que se dane meu medo. Sim porque el…

** S2 DeCiDa-Se S2 **

Coração em desatino...
Não sobrou nada de ontem, nem de anteontem e quem dirá do amanhã!
Fala-se o que sente ouve-se silêncio. Isso bastou pra mim.
Pois o silêncio é pior do que qualquer afronta ou palpite ou um talvez.

Silêncio é silêncio. Vazio e profundo.
Mas como não machucar algo se tudo que se toca é feito vidro em pontas?
Quando dei por mim, as palavras estavam no ar. Algo que queria fazer, mas que também
Não se tinha noção da proporção.
Achei que não fosse doer, mas doeu.
Achei que nem ia ligar, mas no fundo dos olhos, a decepção estava lá.

Intacta, como se tivesse raiz.
Fincou em você, ficou em mim.

Nada posso fazer, se ainda não sabes da tua vida.
Nada posso ser se realmente não tenho espaços pra isso
Tudo será Nada quando o final chegar sem pedir licença, sem mencionar...

Vejo-te partindo, mas minhas forças estão ausentes e nem sei mas
Se querem que fique ou se vá.
Nada tem sentido
Nem mesmo te manter aqui.
Já nem sei o que é favorável e o que não o é.

As lembranças não trazem nada do que era.

· ··^v´¯`×) PerCa-sE, mAs SobReviVa(×´¯`v^·· ·

Qual o valor de uma perda e como cada ser a encara... Se de peito aberto ou luta-se até o fim com a armadura do não aceitamento?
Na verdade tudo que se escorre entre os dedos é penoso e doloroso e mesmo aceitando a triste realidade, aquilo – a perda – é extremamente chocante para os pobres de espírito.
Os poetas retratam bem uma perda, ainda mais se for a de um grande amor. Ela dói, queima, sangra, dilacera e machuca, nos levando a uma espécie de transe meio que banal: “Viver ou Morrer”!
Mas todos sobrevivem.
Não dizem que o tal tempo é um remedinho mais potente que a própria morfina?
Sim, eis ai um consolador das angustias sentimentais mais que fiel. Melhor mesmo é declarar o tempo como seu procurador, o qual fará tudo em seu nome. Ainda mais quando achamos que mesmo vivos e perambulando por caminhos desconhecidos, nos encontramos numa espécie de ‘coma-profundo’.

Perde-se tudo nessa vida com tal velocidade a qual se ganha. Perde-se os anos (os melhores diga-se de passagem), perde-se os ami…

—(•·÷[ApEnAs MulHeReS]÷·•)—

Engraçado como nós mulheres nos identificamos. Hora esbarramos com uma com a mesma história de vida (até mesmo pior), hora esbarramos e dividimos os próprios medos, crescimentos e ainda por cima tentamos amenizar o coração daquela que ainda não evoluiu como deveria... poxa, além de concorrentes em alta, somos solidárias!

Apesar de toda modernidade, concordo quando ouço por aí que ainda somos ‘antigas’. Sim somos sim. Vejo por mim... A independência é uma meta excêntrica, mas um vício necessário que traz benefícios imaginários ao ego de qualquer uma. Não vou negar que sair sem rumo, gastar seu próprio dinheiro, carregar as chaves da sua própria casa sem compartilhá-las e outras coisitas mais me fazem um puta bem... Ao longo da trajetória me tornei individualista demais (mas nas coisas relacionadas à boa convivência HOMEM X MULHER é claro). Não acho que preciso de um homem para me manter, para me sustentar ou até mesmo para me ditar isso ou aquilo. Homem para mim é um complemento. Exist…

•·.·´¯`·.·• MaiS Um•·.·´¯`·.·•

Acada ano uma nova primavera colore minha vida...
Enche de flores
Transborda meu coração mole e me faz viver... Apenas viver.

Chegar nesse caminho requer muita habilidade, muita compreensão e aceitação de certos momentos, coisas e pessoas.
Aceito questionando (pois sou assim), mas a cada ano vou percebendo que as respostas muitas vezes não precisam ser reveladas, se já estão dentro de mim...

Preciso do dia, da noite, do carinho das pessoas que amo e do sorriso mais sincero.
Preciso da luz divina
Preciso do orvalho da manhã e do amor batendo em meu peito...

Já tive tudo isso e se ainda não, os terei...
Pois a esperança nasce a cada dia quando desperto pra vida!
A dádiva maior, é ser quem sou.
Obrigada Senhor!


Bjux
Janynha




•°¤*(¯`°(VolToO LoGoO)°´¯)*¤°•

Saio de cena...
Deixo meu esgotamento físico e mental tomar conta de mim e obrigo-me a descansar.
Não importa para onde vou, com quem, se estarei bem ou mal.
Importa que estarei comigo mais que nunca...

Às vezes nos esquecemos de ‘nos encontrar’ e o cotidiano invade nossa vida de maneira sorrateira, como um ladrão... Por meses e meses somos incansavelmente escravos do ponteiro do relógio: hora de acordar, de escovar os dentes, tomar banho, se alimentar, de trabalhar, de almoçar, etc, etc e depois: hora de voltar... Agora quando nos desligamos, mesmo que temporariamente desse tic-tac sangue-sugas de uma figa, a vida parece perder o ritmo frenético... Vai desacelerando aos poucos e você chega a enjoar.

Já notou que nada está bom, quando está?
Hmmm é sério!
Hoje acordei cansada, sensação de peso, de limite do esgotamento mental, não suportando meu próprio peso e tudo porque minha mente já incorporou a palavra “férias” e associou ao descanso súbito! Emergencial. Nada quero fazer, nada quero fala…

··¤(`×[¤ Se MolHe, Se EnTrEgUe¤]×´)¤··

—(•·÷[Ah! Chuva, chuva...
Chuva que não acaba mais.
Que chega de sopetão, que vai embora quando estamos quase nos acostumando...
Lava a alma, arrasta consigo os grandes males de um coração!

Chuva quero que molhe meu rosto, meus lábios, todo meu corpo e me faça sentir que estou viva, cheia de vida...
Quero sentir aquele frio e depois calor...
Misturar suas gotas com minhas lágrimas, inundando meu sorriso de sei lá o que ou por que.
Por mais que o céu esteja cinza, escuro e tenebroso, ainda assim me sinto feliz...
Ainda assim eu continuo a brincar feito criança, deixando de propósito meu guarda-chuva em casa... Não quero proteção!

Quero ser livre
Pular entre as poças, me jogar no chão, brincar... Quem sabe assim meu espírito infantil não volta?
Quem sabe assim eu deixe de pensar na vida e nas pessoas e pare de dar ouvidos ao meu coração?

Ah, chuva se não gostasse tanto do calor do sol, juro que ficava com você!
Mas acho que amamos mais quando sentimos saudades, quando sentimos aquela falta grotesca,…

•°¤*(¯`°(NosSo PrEsEnTe)°´¯)*¤°•

•°o.OQuer coisa mais tediosa do que matar o tempo?
O tempo deveria ser uma coisa parada, estática, mas ele insiste em correr pra frente. Aprendi que sempre erramos para dar uma certa consistência na vida, senão ela seria vazia e sem nexo. A inércia de uma vida é frustrante e acreditem, a os que passam uma vida inteira sem fazer nada, sem ser nada. A morbidez causa males irreparáveis e chega um momento que devemos caminhar com o tempo ou correr atrás dele e não importa se faremos isso com alegria ou no limite da exaustão, apenas tente viver com o pouco ou muito que lhe vai a alma...
O futuro é impreciso e o passado distante, mas o presente... Ah, o presente é ‘um presente’ para ser vivido agora, nesse instante!
A realidade não é um reflexo tosco da imaginação, ela existe, é palpável, sólida e temos a opção de mudá-la em fração de segundos, conforme nossos desejos ocultos ou mesmo sem querer (pelo menos sou PhD em dar rumos diferentes a tanta coisa em minha vida, as vezes sobrevivia na esf…

DúViDaS

Existe à vontade de correr
E a de ficar...
Uma necessidade de não ver e a de enxergar!

Somos assim imperfeitos.
Hora queremos, hora perdemos.
Somos dependentes da superficialidade
E outrora, queremos apenas a realidade.

Porque mentiras, se tragicamente sou toda verdade?
O ser amado tem lá suas formas grotescas e até odiosas dentro do peito,
Mas é ele que vejo... É ele que respiro... É ele que quero (e não quero)..
Ah , sei lá...
Dizem que a confusão não leva a nada e aqui estou, no mesmo lugar!
Ainda o mesmo tremor, o mesmo suspirar...

Oras bolas deixe-me aqui! Não quero mudar!
Ainda não tenho certezas...
Apenas sei que incondicionalmente aqui ficará,
Guardado e retido em mim sempre... Sempre estará!
(...)

LiVrE-Se ou Ame-Os

Assombrações, você acredita?
Eu sim, não necessariamente em assombrações, pois esse termo é meio forte para nossos próprios fantasmas, ok?
Ressaltando que não vou mencionar aqui ‘assombrações’ do tipo almas penadas e afins, pois creio que os fantasmas têm residência própria, no fundo da alma de cada um.

Uns são fantasmas vivos que necessariamente por um motivo qualquer colocamos de molho dentro de nosso ego, outros vivem lá apenas como lembranças. Mas sempre... Sempre um deles aparece numa tarde ou noite qualquer para nos assombrar, pelo menos os meus, é óbvio.

O passado pra mim é um fantasma com nome e sobrenome. Coisas que não quero lembrar, que insisto em esquecer, do nada me aparecem como criaturas horripilantes, de causar medo (opa, não que eu tenha sido algo monstruoso, mas falo sim de fantasmas sentimentais).
Quando o sentimento está vivo feito uma flor egoistamente bela, tudo se é maravilhoso. O céu, a terra, as pessoas, você... Seu eu, sua alma, sua cor... Agora quando o sentiment…

TOdO cUiDaDOo eH pOkoO

Não agüento mais a paranóia desse povo com a Influenza A (gripe suína). Estava hoje, sentadinha aguardando ser chamada em uma consulta médica de rotina, quando do nada (devido ser alérgica a perfume e, diga-se de passagem, com o meu próprio), quando tive um ataque de espirros...
Atchin-1, Atchin-2, 3, 4 e quando ia para o quinto espirro, eis que o pessoal da sala de espera começaram a me olhar apavorados. Olhei para o lado e para o outro e foi inevitável não me senti um vírus ambulante!
Tive que usar minha doce cara de pau e dizer a mim mesma em alto e bom som... “eita alergia danada”. Só assim percebi o pessoal relaxando nas cadeiras (risos).

Está certo que a tal Influenza A não está de brincadeira e vem causando destruição por onde passa. Destrói vidas saudáveis, leva consigo sonhos de uma vida inteira... Lamentável. Sorte, muita sorte dos quais não são totalmente devastados e conseguem vencer a doença.

Não tem como ser negligente quanto ao assunto galera. O fato está aí exposto todo di…

ReFliTaAa

Nosso medo mais profundo, é reconhecer que somos inconcebivelmente poderosos....
Não é a nossa escuridão e sim a nossa luz que mais atemoriza (...).
Ao permitir que nossa luz se irradie, estamos permitindo, sem nos dar conta, que outras pessoas façam o mesmo.
Ao nos libertar dos nossos medos, nossa presença automaticamente liberta os outros” “Nelson Mandela” P.s.; Gentiii! Foi maussss, mas esqueci de postar uma palavrinha aqui ontem sobre o niver da minha irmãzinha Loh. Ontem ela completou 16 aninhos (eitaa idade boa) e como eu me sinto meio mãe dela, imagina como ficou meu coração né? Poxa, ela é tão importante pra mim... tão necessária na minha vida que eu não posso querer menos que ela seja muito feliz e que conquiste todos os sonhos, pois sua luz é extremamente bela. Loh, te amo muito, muitãooo mesmo. Parabéns minha florzinhAaa!!! by Jana

(DeS) nEcEsSáriA fUmAciNhA!

Olha a lei antitabagista ai gente!
Coisa mais chata, mas necessária, admito sem um pingo de dúvida.
Sou fumante e daí?
Sei dos riscos (ainda mais sendo asmática), sei das conseqüências e cá entre nós, morro de medo. Mas como evitar aquela ansiedade sacana que me invade do nada?? Como evitar a minha velha convivência com meu ini(a)migo nº 1? Sei lá. Só sei que por enquanto não consigo abandoná-lo, evitá-lo ou qualquer coisa parecida.

Mas sou a favor da lei. Ninguém merece conviver com um fumante e quem dirá inspirar sua baforada em meio a um local fechado. Sim, sim... é maravilhoso fumar dançando, é maravilhoso se gabar de um amigo tão potente em suas mãos... e Não, não é nada agradável não ser fumante nessas horas!

Essa lei veio apenas como uma cutucada, como aquelas placas de “Pare”. Nós fumantes estamos apenas sendo obrigados a estarem conscientes de que nem todo mundo se embriaga e sente tanto prazer com uma fumacinha. Isso é justo!

Pelo menos agora, sempre quando me disponho a acender u…

HoMeNs! Oq FaRiaM??

“Aos 18 anos o homem não sabe nem como se diz bom dia a uma mulher. Devia nascer já com 30”.
Nelson Rodrigues


Sábio Nelson Rodrigues. A frase é boa, mas meio complicada em se argumentar, pois há homens e homens! Já vi muitos garotões novinhos, novinhos com a mente de um homem de 30 e já vi também homens ‘vividos’ com a mente de crianças. Então o assunto acaba sendo meio relativo a minha opinião.
Se homens são gentis e educados a mente perversa logo os intitula “viados”, agora se são trogloditas, ogros, leigos, são logo descartados. É complicado avaliar em apenas um sonoro e simples “Bom dia”.
Bom dia eu dou sempre que percebo que terei resposta e isso não inclui saber a idade mental da pessoa. Basta um simples ‘oi’ para que desarme qualquer pensamento alheio ao nada, que desarme qualquer mente perturbada ou nos tire do estado ‘alfa’ em que nos encontramos muitas vezes.
Diria que um homem de 18 teria toda timidez botada a prova no simples fato de se doar um ‘Bom dia’ assim logo de cara, mas…

FriOziNhUuuu

Eita tempinho desaforado meu!
Na real, estou cansada de encarar todas essas noites frias (e pra piorar, chuvosas) totalmente agarrada ao meu travesseiro, de meia e entupetada de roupa. Esse tempo é melancólico e até mesmo sádico com as solteiras feito eu. Não vou negar que a-d-o-r-o essa liberdade de ir e vir sem ter que despencar uma série de desculpas ou obrigações em se dar satisfação. Não nego que amo ter aquele pensamento: "onde quero, eu vou". De circular de calcinha pela casa sem algum tarado (mode de dizer é claro) me agarrando, de ter no banheiro apenas coisas minhas, de olhar no varal e constatar o fato de que nenhuma cueca poderá cair de lá em fração de segundos...
Ai, acho até que me tornei meio feminista, puxo sem dó e nem piedade a sardinha para meu lado sempre “Viva a liberdade das mulheres”.
Só o fato de não ter em um dos meus dedos uma aliança escancarando meu dono, já se é um grande alivio.
Mas em dias assim, como esse em que meus pés estão frios feitos cubos d…

BuEnOs SoNhoS, BabY!

Esse aí é o sofá-conceito Cloud (nuvem em português), criado por David Koo (ressaltando uma meramente idéia, não lançada ‘ainda’ no mercado).
Fiquei pasma! E morrendo de inveja é claro.
Jamais, na altura do campeonato, dessa minha humilde vida, poderia imaginar tal invenção tão extraordinária.
A engenhoca me parece bem convidativa, já que flutua por meio da força magnética gerada pela base do chão... hmmmm... bem interessante.

Na verdade eu nem gostaria de dar ênfase ao assunto, mas desde que li essa matéria (no portal MSN de ontem), estou aqui a sonhar com uma nuvenzinha dessa estacionada no ‘meu lar, doce lar’. Faltam apenas me venderem os sonhos dos céus – foi o que pensei na hora, afinal estou farta de pesadelos.

Sempre me espanto com a capacidade humana e essas criações vêem exatamente para me mostrar que somos capazes de tudo, basta ter uma boa idéia na cachola. Somos capazes de recriar sonhos, coisas materiais e quem dirá sonhos os quais julgamos impossíveis.
A matéria é uma prova vi…
Ando aleatória...
Hora aqui... Hora trancafiada em mim (rsrsrs).
Quantas saudades sinto daqui!
Saudade de meu mundo, mas que há vários dias ou meses, anda meio que ‘privativo’ a meus pensamentos e emoções... É tudo tão ruim, guardar as coisas para si, quando o hábito parece ter mais força dentro de um ser como eu.

É meus caros, ando sem net e acabo de perceber que ando sem eira e nem beira, como dizem os populares. Mas a vida continua... trabalho, casa, filhos, emoções, solidão, anseios... tudo no mais absoluto lugar.

Sinto-me diferente ou indiferente a tanta coisa que gostava e cultivava como ‘prioridades’.
Parece que me rendi de vez à vida caseira. Cansei-me do mundo! Ele me trouxe tantas experiências desnecessárias, tantos dissabores (...), que o melhor é se render ao chamado dos cobertores nessas noites frias e ir para cama cedo (não ganho nada, mas também não perco – simples e fácil).

Incrível como a mente muda de percurso em questão de segundos. Antes amava ou odiava, hoje simplesmente…

EsSa SoU eU eM nOiteS fRiAs

É impressionante como de madrugada
Encontro sempre minha alma liberta e sedenta!
Sedenta em se pôr pra fora tantas palavras...
Fico boba com seu conhecimento e me espanto
Com tanta lucidez.

Ao mesmo tempo é um ser que sente sede de atenção,
Proteção e carinho!
É impressionante, como no vago silencio das horas,
Eu me encontro...

Encontro meu ser profundo,
Oculto no calor do dia-a-dia.

Sou livre nas madrugadas!
E muitas vezes só espírito...
Pois é o pensamento que se desprende do corpo físico e me
Faz ser uma ‘gigante’ e/ou uma simples ‘pequenina’.

De repente tudo se aquieta em meu peito...
Tudo volta ao normal e em seu ritmo
Lento e seguro...

Minha alma acalenta meu rosto, afaga meus cabelos e
Mesmo sem querer eu retorno a si...
Retorno ao sono profundo.

As palavras ficam mudas, minha sede é saciada...
Volto a mim demoradamente e a querida madrugada continua (...)

Beijos
Jana
02:30h da matina

ViStA-Se d VoCê

Ufa! Eis me aqui novamente (diga-se de passagem, que estou bem, apenas limitada ao acesso delicioso do mundo virtual – hmmmmm ficar sem net já há algumas semanas no trabalho confesso que não está sendo nada, nada boOm). Mas enfim, embora esteja ‘ausente’ desse mundinho que particularmente a-d-o-r-o, a vida segue impetuosamente e o tic-tac não pára.
Muita água rolou debaixo dessa humilde ponte... Notícias boas e ruins sempre ali juntinhas, afinal nada é perfeito e nada vem ao acaso. Senti muito acompanhando os noticiários e mais ainda pela tragédia do Air-France (que Deus tenha resgatado aquelas almas com todo seu amor e carinho infinito – tudo muito lamentável!).
Nunca superei bem essa palavrinha ‘morte’. Ela é cruel e dolorosa, embora apenas uma passagem. Mas lamento pela saudade e me comovo pela dor alheia, afinal esse lado sempre me aflora quando menos espero. Senti muito mesmo (e não somente pelos irmãozinhos que se foram, mas sim por todos os outros que a todo instante estão partin…

PlAnO B

Ressurge então essa idéia, a de incorporar certas decisões ao longo desses meus 27 anos e definitivamente entrar de cabeça! Falo sentimentalmente é claro, pois já que não encontrei as chaves das incógnitas, que elas cheguem atraídas pelo imã da decisão oportunamente certa.
Sábios os conselhos (e há os que dizem que eles supostamente não são concretos numa vida – pura ilusão), pelo menos para mim são razoáveis e sustentáveis.
A atração física é um mal desde que o mundo é mundo - “mal necessário, sem dúvida e muitas vezes sem lógica, pois o desejo carnal se vai com o ato concretizado e pelo suspiro de alivio" – Passou... Já era!
O problema maior está cravado (e com raiz) na mente. É ela quem determina a busca, fantasiando, iludindo, rindo do seu (do meu) fracasso. Temos que ser contraditórios.
Evoluir, crescer, liderar essa massa de neurônios que se dizem ‘apaixonados’ e retomar de vez o controle da situação.
Erros e acertos, eis a questão!
Peco quando estou embriagada de sentimentalismo…

O DePoiS é O ABisMo

Salve blogueiros... eis-me aki!
Alheia, sem muitas palavras e um turbilhão de sentimentos contraditórios.
Puts! Que situação.
O terrível é falar entrelinhas um assunto que eu gostaria de escancarar... mas não posso!
E pra piorar esse meu sexto sentido que me leva a sentir e ver coisas que não quero, NÃO AGORA!
Do que vale uma felicidade ‘instantânea’ se o depois é pior do que um tapa na cara?

Sou meramente assim... sei o que vai dentro de cada ser que eu esteja (in)Diretamente ligada... sinto os remorsos e o estado de choque, as frustrações... tudo, tudinho. E desde ontem estou meio que estagnada...

Sei as respostas, aff... elas me bastam! Mas ignoro-as por momentos que julgo sentir falta.
Queria continuar racional, mas não sou forte o bastante... me iludi (que merda isso). E pior, por nada, besteiras... Nada era importante pra mim, nada e em fração de segundos, tudo mudou...

Mas...Ei, estou aqui!
Sou ainda melhor que isso tudo, desde que não sinta essa avalanche de perturbações sentimentais ba…

OuTrAaa

Páro, penso...
Desse jeito não dá mais pra continuar...
Essa contramão é banal, não faz sentido.

Se antes fora azul, agora tem que ser branco...
Como a paz, como as flores, como cada nuvem do céu...
Se tiver que subir a ladeira com trocentas malas nas costas, eis que decido dar o primeiro passo...
Vou seguindo, mas antes devo esvaziar os bolsos. Jogar e/ou abandonar cada peso inútil, cada papel velho, cada sonho absurdo... Quanto mais leve, mais livre!
Chuto a primeira pedra e antes mesmo de cair já sinto saudades do passado. Mas o que é ele senão algo que não mais existe? Apenas recordações...

Eita mundo vazio!
Eita quanta coisa errada. O preço será alto em tentar mudar tudo, mas não desisto!
Ta ficando pesado e na real nem entendo o por que devo carregar tanta mala assim... melhor descansar e analisar.
Há uma aqui toda enfeitada, cheia de coraçõezinhos, flores e pintada de rosa -"Vou abri-la"-.
... Hmmm ... nada de mais! Amores antigos, paixões banais. Mas decido deixá-los, já que est…

SÓo hj Eu QuEriA vOcÊ

Tic-tac... as horas não passam, arrastam-se!
Hoje dei um pulo na melancolia e senti saudades...
Saudades de alguém, que nem sei quem...

Tudo anda sem graça
Tudo meio sem razão, pois me falta esse pedacinho essencial.
Falta-me você!

Faltam-me suas mãos macias,
Seu olhar me paralisando,
Seu cheiro inconfundível no ar,
Sua voz doce e suave, como uma canção de ninar...

E hoje sinto sua ausência mais que presente,
Em cada gesto, em cada música e em cada olhar...
Eu só queria aquele sonho lá que combinamos,
Só queria que estivesse aqui...

Morreria em seus braços se pudesse, porque neles encontro
A minha verdadeira paz...
Encontro-me em você
E nesse momento seria tudo que eu queria...
Tudo mesmoOoo!

By Janynha

ElAs... aPenAs ElAs..

Dois abraços ternos confortaram meu grande dia ontem e eu jamais conseguiria traduzir a sensação boa de ser duplamente ‘mãe’. Essa palavrinha tão simples mudou tanta coisa aqui dentro, me transformou e me fez a mulher de hoje.
Não importam as complicadas histórias anteriores... Não importa e nem nunca importará a terceira pessoa desse contexto e sim o que deixo prevalecer é apenas todo esse amor que sinto pelas minhas gurias...
Ser mãe é ser anjo constantemente...
Ser mãe é toda essa batalha de querer matar um leão a cada dia, a casa hora e minuto. É viver sob tensão 24h só para amar e proteger.
Em certos momentos me prendo a inútil possibilidade de não ter e nem ser nada disso... acho que morreria, pois aqueles olhinhos avalistas são as reais certezas da minha vida.

Além de mãe, sou acima de tudo filha!
Filha de uma mãe exemplar e sem igual, a qual nem consigo imaginar meu dia sem sua presença... ‘minha mãe é tudo’. Ès meu refúgio em dias tristes, minha ouvinte, minha conselheira, minha fi…

SeJa o MelhOr prA vC

"A gente pode morar numa casa mais ou menos, numa rua mais ou menos, numa cidade mais ou menos e até ter um governo mais ou menos.
A gente pode dormir numa cama mais ou menos, comer um feijão mais ou menos, ter um transporte mais ou menos e até ser obrigado a acreditar mais ou menos no futuro.
A gente pode olhar em volta e sentir que tudo está mais ou menos.
Tudo bem.
O que a gente não pode mesmo, nunca, de jeito nenhum, é amar mais ou menos... sonhar mais ou menos, ser amigo mais ou menos, namorar mais ou menos, ter fé mais ou menos ou acreditar mais ou menos... Senão, a gente corre o risco de se tornar uma pessoa mais ou menos.”



Um bom final de semana à todos que amoOoo
by Jana

EnTenDeR pRa q?

Correntes não se quebram...
Elas são fortes, resistentes e manipulam a liberdade.
O destino é uma corrente imaginária... te dá limites, imposições e te puxa quando e como quer.
Não somos tão donos do destino como se parece, há os desvios, as dúvidas e nunca sabemos se realmente estamos no caminho certo. O acaso não existe, isso é óbvio, mas depender de uma visão turva nos deixa a mercê de um amanhã incerto.

Sonhos, planejamentos sobrevivem e quebram muitas correntes a partir da força de vontade (interna) de cada um. Diga a si mesmo, EU QUERO, EU CONSIGO!
São palavras tão pequenas, mas que causam uma mudança inevitável do seu dia a dia.

Sou positiva sempre, mas ignoro muito meu eu interior, meu lado bom, meu anjo da guarda e com isso dou passos largos e irreversíveis.
Chorar pelo que se foi eu não faço mais. Perdi tantas coisas e pessoas importantes, mas se foram ou se perderam, tenho na mente a certeza que não eram pra mim.

Algumas pessoas enganam-se tanto a procura de uma felicidade, se pren…