sábado, 16 de maio de 2009

OuTrAaa


Páro, penso...
Desse jeito não dá mais pra continuar...
Essa contramão é banal, não faz sentido.

Se antes fora azul, agora tem que ser branco...
Como a paz, como as flores, como cada nuvem do céu...
Se tiver que subir a ladeira com trocentas malas nas costas, eis que decido dar o primeiro passo...
Vou seguindo, mas antes devo esvaziar os bolsos. Jogar e/ou abandonar cada peso inútil, cada papel velho, cada sonho absurdo... Quanto mais leve, mais livre!
Chuto a primeira pedra e antes mesmo de cair já sinto saudades do passado. Mas o que é ele senão algo que não mais existe? Apenas recordações...

Eita mundo vazio!
Eita quanta coisa errada. O preço será alto em tentar mudar tudo, mas não desisto!
Ta ficando pesado e na real nem entendo o por que devo carregar tanta mala assim... melhor descansar e analisar.
Há uma aqui toda enfeitada, cheia de coraçõezinhos, flores e pintada de rosa -"Vou abri-la"-.
... Hmmm ... nada de mais! Amores antigos, paixões banais. Mas decido deixá-los, já que estão aqui escondidos e não de fato comigo, qual o motivo de levá-los? Nenhum mais.

Toda mudança é drástica, mas necessária... sempre necessária.
E pra ser franca, já me cansei de toda essa história sem razão, de buscas, filosofias...
Hoje acordei assim, buscando a perfeição, o diferencial e o melhor pra mim, mesmo que isso demore um pouquinho para ser conquistado. Estou na luta, até o fim (sempre guerreira, mas não heroína).

Os valores passam a serem outros agora!
Sinta, observe... note...
Eu estou aqui, evoluindo a cada dia.
Decifre-me!


“Garimpem e descubram tesouros”


Bjux
Jana

Nenhum comentário: