quinta-feira, 28 de julho de 2011

** LeMbrAr dói AinDa **


Diante dessa música eu me calo e mesmo se quisesse o timbre da voz não sai. Alguém me fez olhar para minha ferida – ainda aberta. Foi sem querer eu sei, mas eu olhei para ela e tudo me doeu tanto ainda. Eu era tão apegada a essa letra... Essa canção tinha tanta vida pra mim e hoje ela me leva àquele lugar que tenho tanto medo: lembranças.

Lembrei-me de tudo como se um filme tivesse rodando... E no final eu só pude ter uma única certeza... Eu já amei demais nessa vida!


(...)
By JanNe

quarta-feira, 27 de julho de 2011

** PotEs ChEiOs **



Ainda é cedo para desacreditar. É cedo para falar que a vida engoliu os sonhos e que não está se passando muito bem. Entendo que muitas vezes a sombra encobre o sol e os olhos se fecham com medo da escuridão que se vê. Mas se não tivesse tanto medo, enxergaria que as imagens continuam ali, sem brilho, mas continuam removíveis.
Pois o que é não se muda. Altera-se apenas com as cores que nos invade dia a dia.
Dias cinzas. Dias coloridos. Dias abstratos. Dias sem cor. Dias de uma só cor.

O que difere é à disposição do pintor e esse se chama coração. Tem dias que está inspirado e outros nem tanto, mas saiba que mesmo sem querer ele age certo. Mesmo contrariando suas forças ele é uma criança desobediente que fará suas pinturas malucas na parede de sua vida.
O correto é mesmo não tentar entender. E deixar que um novo dia nasça. Quem sabe assim, as cores não estejam mais vivas ao amanhecer?

Na verdade, acho que elas sempre estão feito neon e os olhos da alma é que ficam fechados para o espetáculo.
As pessoas se entregam ao fracasso antes mesmo de conhecê-lo. Se sentem inseguras, perdidas e amarguradas como se aquele momento fosse durar para todo o sempre. Mas não. Isso não é eterno, aliás, tristeza alguma é eterna. Porque tristeza é um vazio transparente.
E o transparente é transparente.  O qual nos permite ver além. Então quando tudo ofuscar feche os olhos por momentos, mas lembre-se de abri-los logo e ver além da transparência suas cores de nascença.

Às vezes acho que as lembranças são nossos maiores fracassos e sucessos, totalmente em cor anil. Uma mescla que nos permite subir aos céus e/ou descer ao inferno da saudade. Mas temos que erguer nossos muros medievais diante delas, para poder distinguir suas reais vontades, pois elas iludem nosso pintor oficial - Elas o enganam sempre. Então o vazio da transparência assume sua posição implacável e te derruba como num nocaute súbito.
Mas ainda assim é cedo para querer sumir e desistir!

Vários outros adversários irão surgir e chegam como as sombras. Mas como todo bom lutador, eu sei que vai se levantar toda vez que cair. O que difere é como se levanta, como enxerga as cores do rival. Eu os vejo sempre pintados em listras coloridas (e até dou risada). Uns derrubo fácil, fácil... Outros me dão rasteiras e tombo feio (até me machuco), mas os anos abstratos me fez forte e o que é pior, resistente.
Afinal nosso PINTOR (de meia tijela hehehehe) tem muitos quadros para colorir e os potes de tintas ainda estão cheios.

Cheios de vida!

 - by JanNe -

P.s.; Esse texto eu dedico em especial a uma pessoa que tenho muito, muito carinho: Guh. Meu amigo, meu parceiro diário. Olhe na transparência e veja que as cores estão no mesmo lugar...   


quarta-feira, 20 de julho de 2011

LivRes??

Somos livres quando comandamos os pensamentos, vontades e atos. É com a mera sensação de liberdade que damos passos e com movimentos involuntários nos deixamos guiar.  A única observação é que nem sempre esses caminhos vão nos deixar libertos além de um momento.
A liberdade pode magoar. Pode ferir e acabamos presos no próprio ir e vir.Quem foi que disse que ser livre é fazer o que se dá na telha?
Acho que não é bem por aí. Devemos satisfação à consciência e essa aí, meu Deus, é de arrastar a lógica do que achamos certo ou errado para o bueiro mais próximo.
Se todo mundo tivesse em mente que cada ação tem sua reação, acho que os erros seriam abreviados e a liberdade seria mais gozada, literalmente falando...
E também sei que os erros, acabam sendo o acesso a determinado lugar, quando as asas da liberdade são cortadas ou encontram-se defeituosas. Deus é tão divino que até em nossos vacilos nos oferece uma nova oportunidade de voar, caminhar, pular e chegar.
Uns nem dão bola para o que fazer com as tais asinhas... Outros pensam tanto que até os músculos ficam atrofiados... E outros são afoitos... e caem...
É assim com todo assunto relacionado à vida. Sempre alguém sai da linha ou anda tão certinho que a obtenção de algo acaba sendo ou se tornando frustrado.
A liberdade acaba sendo isso: erros e acertos não calculáveis. Apenas buscas. Um tiro no escuro... Um querer sem saber... Chega a ser confuso querer entender onde quero chegar, mas é simples... Basta entender o querer da sua própria liberdade e enquadrar ela ao que é melhor para você... Ter asas é sublime, mas às vezes caminhar com os pés no chão preso a seus próprios valores torna o passeio mais seguro.
A liberdade é:
Faculdade de fazer ou de não fazer qualquer coisa, de escolher.
Independência: conquistar a liberdade.
Estado oposto ao do cativeiro ou prisão: pôr um prisioneiro em liberdade; à escravidão: dar liberdade a um escravo; ao constrangimento: falar com inteira liberdade.
Direito que alguém se arroga: tomar a liberdade de contradizer uma pessoa.
Liberdade de consciência, direito de ter ou não uma crença religiosa ou filosófica.
Liberdade de contratar, regalia que tem cada indivíduo capaz de concluir qualquer contrato privado, com a única restrição do respeito à ordem pública e aos bons costumes.
Liberdade de culto, direito de praticar livremente a religião professada.
Liberdade individual, direito que tem cada cidadão de ir e vir sem restrição em todo o território nacional, de estar em segurança nesse território (principalmente de não ser privado de sua liberdade senão em certos casos, prescritos pela lei), de poder daí sair e aí reentrar.
Liberdade natural, direito que o homem tem por natureza de agir sem qualquer constrangimento externo.
Liberdade de opinião, de pensar, direito de exprimir cada um seus pensamentos, suas convicções.
Maneira de agir com audácia: tomar liberdade com qualquer pessoa.
By JanNe

sábado, 16 de julho de 2011

** A LuA **

O manto da noite me roubou você por instantes...
Mas sua voz ainda ecoa...
Junto às estrelas e sentado na lua esplêndida... Está distante agora... a milhas...
Mas não faz mal não!

De certa forma te encanto e não permito que faça tudo sozinho, pois estou junto... feito sombra ou anjo protetor...
Sou o sol nascendo... Sou a brisa gelando... Sou o que te sustenta... Sou a sombra que te esfria as veias...  Sou sua noite silenciosa... E sou o que te acalenta e te faz dormir para um novo dia...
Sei que me sente... Vê-me em sua frente... Rindo, brincando... feito menina!
Pois é isso que sou...
...sou você em noites vazias...
(by JanNe)



sábado, 9 de julho de 2011

** FragMenTos CoNtinUam **


"A razão por que a despedida nos dói tanto é que nossas almas estão ligadas. Talvez sempre tenham sido e sempre serão. Talvez nós tenhamos vivido mil vidas antes desta e em cada uma delas nós nos encontramos. E talvez a cada vez tenhamos sido forçados a nos separar pelos mesmos motivos. Isso significa que este adeus é ao mesmo tempo um adeus pelos últimos dez mil anos e um prelúdio do que virá."



 ...Mais uma vez apelei para essa música e para ‘fragmentos’ de um livro... Mas foram tantas as palavras nele que fizeram um contraste colorido com as borboletas que povoam aqui dentro, que me senti na obrigação de postar (já que havia prometido também rs). De todos os poemas e versos que li, acho que esse foi o que mais ficou gravado na minha memória... Talvez eu até tenha dito algo do tipo em algum outro momento e agora eu reafirmo: em outra vida vamos acertar e esperarei até lá...
Pois o melhor é o que temos hoje. Algo que não dá pra se medir... Queriamos muito mais eu sei também. Mas não adianta ir contra a natureza das coisas.
O importante é o que a alma deixa escapar o que sente...

I miss you!
Mega beijos
JanNe

quinta-feira, 7 de julho de 2011

** FragMentos do DiáRio d Uma PaiXão **

...o melhor amor é aquele que acorda a alma
e nos faz querer mais,
que coloca fogo em nossos corações
e traz paz as nossas vidas,
foi isso que você fez comigo
e era isso que eu queria ter feito com você pra sempre...
(Diário de uma paixão)



Obs.; era exatamente isso que eu queria dizer... Mas no fundo, vc sabe... sei que sabe!
O livro é perfeito... um vôo à alma sedenta de romantismo... isso falta às vezes, mas se quer sentir as sensações que tive... leia-o!
Depois desse trechinho, eu fico mesmo... é sem palavras...
beijo ultra metafísico... kkk
JanNe