Pular para o conteúdo principal

** PotEs ChEiOs **



Ainda é cedo para desacreditar. É cedo para falar que a vida engoliu os sonhos e que não está se passando muito bem. Entendo que muitas vezes a sombra encobre o sol e os olhos se fecham com medo da escuridão que se vê. Mas se não tivesse tanto medo, enxergaria que as imagens continuam ali, sem brilho, mas continuam removíveis.
Pois o que é não se muda. Altera-se apenas com as cores que nos invade dia a dia.
Dias cinzas. Dias coloridos. Dias abstratos. Dias sem cor. Dias de uma só cor.

O que difere é à disposição do pintor e esse se chama coração. Tem dias que está inspirado e outros nem tanto, mas saiba que mesmo sem querer ele age certo. Mesmo contrariando suas forças ele é uma criança desobediente que fará suas pinturas malucas na parede de sua vida.
O correto é mesmo não tentar entender. E deixar que um novo dia nasça. Quem sabe assim, as cores não estejam mais vivas ao amanhecer?

Na verdade, acho que elas sempre estão feito neon e os olhos da alma é que ficam fechados para o espetáculo.
As pessoas se entregam ao fracasso antes mesmo de conhecê-lo. Se sentem inseguras, perdidas e amarguradas como se aquele momento fosse durar para todo o sempre. Mas não. Isso não é eterno, aliás, tristeza alguma é eterna. Porque tristeza é um vazio transparente.
E o transparente é transparente.  O qual nos permite ver além. Então quando tudo ofuscar feche os olhos por momentos, mas lembre-se de abri-los logo e ver além da transparência suas cores de nascença.

Às vezes acho que as lembranças são nossos maiores fracassos e sucessos, totalmente em cor anil. Uma mescla que nos permite subir aos céus e/ou descer ao inferno da saudade. Mas temos que erguer nossos muros medievais diante delas, para poder distinguir suas reais vontades, pois elas iludem nosso pintor oficial - Elas o enganam sempre. Então o vazio da transparência assume sua posição implacável e te derruba como num nocaute súbito.
Mas ainda assim é cedo para querer sumir e desistir!

Vários outros adversários irão surgir e chegam como as sombras. Mas como todo bom lutador, eu sei que vai se levantar toda vez que cair. O que difere é como se levanta, como enxerga as cores do rival. Eu os vejo sempre pintados em listras coloridas (e até dou risada). Uns derrubo fácil, fácil... Outros me dão rasteiras e tombo feio (até me machuco), mas os anos abstratos me fez forte e o que é pior, resistente.
Afinal nosso PINTOR (de meia tijela hehehehe) tem muitos quadros para colorir e os potes de tintas ainda estão cheios.

Cheios de vida!

 - by JanNe -

P.s.; Esse texto eu dedico em especial a uma pessoa que tenho muito, muito carinho: Guh. Meu amigo, meu parceiro diário. Olhe na transparência e veja que as cores estão no mesmo lugar...   


Comentários

Gustavo disse…
Valeu Jana pela mensagem....
te adorooooo mtooooo
bjão

Postagens mais visitadas deste blog

FrOntEirAs dA ViDa

As fronteiras são simultâneas, vão e vem sem que gritemos por sua necessidade, elas apenas acontecem e se colocam como uma linha imaginável entre o certo e o errado. Somos educados apenas para respeitá-las, como reais limitações. A fronteira de uma vida tem fases, nomes, sentimentos e emoções. Quando pequenos nossa fronteira chama-se tempo. Ela nos impede de termos a noção de nossas escolhas, nos colocam um freio e vivenciamos um mundo infantil, totalmente alheio, tão imensamente inocente. Depois a fronteira se estende e entramos numa espécie de confusões e anseios infinitos e de difícil moderação. Somos enfim, adolescentes.
Apáticos, alegres e dificilmente compreendidos. A fronteira é única, a de um mundo de ilusões sem fim. Tudo acontece, tudo se perde da maneira como se chega.
A fronteira da maturidade é a felicidade...
Certo? Errado? Não mais. A questão agora é tudo ou nada. Ou tenho tudo ou não tenho nada. Quero meus sonhos aqui agora, ou não os quero mais. Abandono-os na fronteira …

Amizade conveniente

Hoje acordei com saudade de ter um amigo por perto. De jogar conversa fora, de dar aquelas velhas gargalhadas ou simplesmente de olhar para o tal amigo e desvendar suas mensagens codificadas, sejam elas quais forem (através de um olhar, de um gesto, de meias palavras ou de seu próprio silêncio). Li certa vez que “amigos são anjos que Deus colocou a nossa volta”, será que isso bate com a realidade??
Só acho uma tarefa um tanto quanto difícil. Imagina entender a alma alheia? Decifrar códigos, saber suas cores preferidas, o que gosta ou que não gosta, aceitar numa boa suas opiniões (mesmo tendo a sua totalmente contrária) e acima de tudo apoiar-lhe quando as chances de acertos são nulas e “seu amigo” não enxerga isto.
A probabilidade de ser ter um amigo fiel – justo – perfeito é de 0,05% (acha pouco?) então saia pelas ruas e pergunte ao número de pessoas que quiser se este ou aquele já não foi traído por um amigo??? Cara, você vai se surpreender... As pessoas se traem a todo instante. E …

** Na BrinCadeiRa, eu diGo a VerDade **

Certas palavras são ditas como por brincadeira, meio sem jeito... toda tímida... Mas são palavras... Que não voam com o tempo, permanecem com vida! Às vezes digo que amo, outras nem isso...
Mas basta ver aqui na menina dos meus olhos a alegria de estar com você o êxtase, o sorriso solto, minha maneira sem jeito de mostrar que me faz falta
Falta da felicidade eternizada na memória das lembranças boas
Fico sempre com a platéia das emoções, do seu cheiro inconfundível, da batida calma do seu coração que adoro (adorava) escutar facilitando sentir seu amor próximo ali adormecido velado muitas noites  pelo meu...
(by JanNe)