quinta-feira, 28 de julho de 2011

** LeMbrAr dói AinDa **


Diante dessa música eu me calo e mesmo se quisesse o timbre da voz não sai. Alguém me fez olhar para minha ferida – ainda aberta. Foi sem querer eu sei, mas eu olhei para ela e tudo me doeu tanto ainda. Eu era tão apegada a essa letra... Essa canção tinha tanta vida pra mim e hoje ela me leva àquele lugar que tenho tanto medo: lembranças.

Lembrei-me de tudo como se um filme tivesse rodando... E no final eu só pude ter uma única certeza... Eu já amei demais nessa vida!


(...)
By JanNe

2 comentários:

Thatica. disse...

Amiga.. sabe nao queria te deixar assim! Mas que Deus abençoe sua vida.. se precisar de alguem pra curar suas feridas.. to aqui! Beijos!

Janaína Pupo disse...

Amiga, o que houve?
Olha, precisando, conte comigo, viu?
Lindeza minha!