quinta-feira, 30 de julho de 2009

HoMeNs! Oq FaRiaM??



“Aos 18 anos o homem não sabe nem como se diz bom dia a uma mulher. Devia nascer já com 30”.
Nelson Rodrigues


Sábio Nelson Rodrigues. A frase é boa, mas meio complicada em se argumentar, pois há homens e homens! Já vi muitos garotões novinhos, novinhos com a mente de um homem de 30 e já vi também homens ‘vividos’ com a mente de crianças. Então o assunto acaba sendo meio relativo a minha opinião.
Se homens são gentis e educados a mente perversa logo os intitula “viados”, agora se são trogloditas, ogros, leigos, são logo descartados. É complicado avaliar em apenas um sonoro e simples “Bom dia”.
Bom dia eu dou sempre que percebo que terei resposta e isso não inclui saber a idade mental da pessoa. Basta um simples ‘oi’ para que desarme qualquer pensamento alheio ao nada, que desarme qualquer mente perturbada ou nos tire do estado ‘alfa’ em que nos encontramos muitas vezes.
Diria que um homem de 18 teria toda timidez botada a prova no simples fato de se doar um ‘Bom dia’ assim logo de cara, mas um de 30 teria toda doçura e segurança e estaria inclusive medido a risca toda conseqüência do seu singelo ato...
Daí a pergunta que não quer calar... Esse “bom dia” estaria cheios de intenções inenarráveis ou seria apenas um ato cotidiano?
Confesso que até questionei via MSN alguns amigos, dando-lhes as duas opções (com intenções ou sem intenções), todos é claro seguiram a primeira opção e me falaram diversas coisas engraçadas. Todas ligadas a um súbito interesse machista e outros apenas afirmaram, que o ‘bom dia’ seria apenas uma ponte para o algo mais tão sonhado... “se após um ‘bom dia’ ela demonstrasse interesse, chegaria chegando (esse foi o termo) ou o daria apenas no dia seguinte, quando acordássemos juntos, agora se a resposta invisível fosse negativa, nem apostariam na conquista”... Ah, homens! Tanto faz terem 18 anos mas com alma de 30 ou vice-versa. Todos meios parecidos, apenas o que muda é a tal intenção.

E saber que a alma feminina embora cheia de mistérios, muitas vezes se é tão clara. Um “Bom dia” súbito e casual significa apenas um mero bom dia e não uma incógnita. Damos mais valor no que vem por trás do olhar do que nas palavras em si.
Um olhar derruba nossas defesas e nada mais importa.

Há os que acham quase impossível se conquistar alguém através de um ‘bom dia’, mas não existem os tão comprovados amores à primeira vista?? E ao que me parece, nesses casos não se precisa dizer absolutamente nada... é tudo lei da atração.
Outros diriam o bom dia depois de sorrirem, outros trocariam olhares até terem segurança para se abrir à boca e outros se sentem tão seguros que acham que o charme basta (risos).

A conclusão é magnânima. Não há como ‘ensinar’ um homem a falar um ‘bom dia’ carregado de emoções as quais, nós mulheres sonhamos naquele momento em si. Pois hora ouvimos apenas o óbvio e necessário e em muitas outras fantasiamos. E cá entre nós (mulheres), homens literalmente se perdem nesses momentos tentando decifrar nossos desejos e daí se vinga as mais absurdas mancadas. Eles se perdem por não saberem jamais decifrar nossos estados de espírito, nossas emoções, nossos sentimentos...

Não dizem que homens demoram a amadurecer? Que são de marte?
Embora eu os ame, seja fanática e tals, acredito fielmente nessas colocações sinceras. Ei, mas não estou sendo feminista, peraí...
É que homens nascem com a razão e nós (lindos seres de saias e mortais) nascemos com coração!!
E que venham os “Bons Dias” todo dia. São bem aceitos e nos fazem um bem enorme.

Viva os seres de Marte! Amo vocês.

Bjux
Jana

Um comentário:

Anônimo disse...

Parabéns!!! Ficou ótimo!!! Pra alguém que estava procurando sobre o que escrever hein...
Ass. Quem sugeriu o tema...