quinta-feira, 6 de agosto de 2009

TOdO cUiDaDOo eH pOkoO




Não agüento mais a paranóia desse povo com a Influenza A (gripe suína). Estava hoje, sentadinha aguardando ser chamada em uma consulta médica de rotina, quando do nada (devido ser alérgica a perfume e, diga-se de passagem, com o meu próprio), quando tive um ataque de espirros...
Atchin-1, Atchin-2, 3, 4 e quando ia para o quinto espirro, eis que o pessoal da sala de espera começaram a me olhar apavorados. Olhei para o lado e para o outro e foi inevitável não me senti um vírus ambulante!
Tive que usar minha doce cara de pau e dizer a mim mesma em alto e bom som... “eita alergia danada”. Só assim percebi o pessoal relaxando nas cadeiras (risos).

Está certo que a tal Influenza A não está de brincadeira e vem causando destruição por onde passa. Destrói vidas saudáveis, leva consigo sonhos de uma vida inteira... Lamentável. Sorte, muita sorte dos quais não são totalmente devastados e conseguem vencer a doença.

Não tem como ser negligente quanto ao assunto galera. O fato está aí exposto todo dia, mesmo que ignoremos, somos obrigados a acompanhar. Na minha leiga opinião (a qual ando expressando mais do que o habitual esses dias) acho que as ‘Autoridades da Saúde’ estão pra lá de perdidas quanto ao assunto. No pronto-socorro, por exemplo, o pessoal com gripe fica misturado com os pacientes que não estão, todos aglomerados até a triagem e nesse meio tempo, Pumba! Você entra com um diagnóstico e ganha de brinde uma gripezinha (seja ela qual for, suína ou não). Uma tremenda sacanagem.

Acho sim, que quem esteja com sintomas (leves, moderados ou graves) devem ter a consciência de cuidarem não somente de si próprio, mas da vida das pessoas, usando máscaras, tendo maior higienização e precaução de contágio. O isolamento é uma boa escolha (só para ressaltar em um adulto o período de contagio (incubação) é de aproximadamente sete dias e em uma criança de 7 a 14 dias).

Do mais, a primeira opção é procurar ajuda médica e se cuidar bastante, cuidando de sua vida e das dos outros também. Mas pra isso não precisa isolar o fulano (a) do seu lado mediante a um simples “atchim” e nem achar que a morte está rindo ao seu lado.

É isso, recado dado! E sejamos felizes com nossas máscaras, lenços e muita higiene é claro.




Bjux
Jana

Um comentário:

Pleiba disse...

Temos que se prevenir mesmo :) ...

Que isso querida sabe que te adoro!!! visita é sempre bom :) vou fazer mais visita rs beijos