sexta-feira, 8 de abril de 2011

** ElAs VoAm + VolTaM **


Viver sem você é uma forma de viver muito esquisita
Uma hora encontro-me com as tais borboletas a povoar meu estômago
E num segundo depois elas desaparecem, causando certa náusea.

Tem dias que amanhece e sinto tudo colorido
O seguinte é cinza
E os demais imagináveis

Um vai e vem de sensações, de saudade...

Há épocas que esqueço
Outras, sou toda desse amor egoísta
Um bem e um mal presente

Sigo...

Na contramão, na direção, já nem reparo mais.
Apenas sei que viver sem você é como estar anestesiada
Dos próprios desejos e vontades.

Quando está preso na mente chego a sorrir,
Mas as lembranças sempre no final se espalham como água
Escorrem, molham... e caem!

Nada é pra sempre,
Mas tem coisas que ficam, ficam...
E como versos em folhas antigas se apagam com o tempo
Ele, o tempo
é o único que brinca e se distrai!

Sem se incomodar com meus tormentos surreais...

(by JanNe)

“BoOm final de SemanA gAleRa”
P.s.; Férias a vista UhuUuuuhhh!!





6 comentários:

Thatica. disse...

Nossa mto triste mesmo, oro para que essas familias sejam confortadas..




amigaaa, e essa musica surrendeR? me bateu uma nostalgiaaa..

tenha uma ótima semana viu? bjsss

Janaína Pupo disse...

Menina, amei este, muito bom minha flor.
Ótima semana.
Beijos

End Fernandes disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Bom dia Senhoritas disse...

obrigado pela visita e parabens pelo blog - muito legal

Janaína Pupo disse...

Minha linda, ótima semana.
Beijos

Janaína Pupo disse...

Estava morrendo de saudade, minha flor!
Beijos