quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

** Se ACaLmE, nAtUrEzA **


A natureza ultimamente vem detonando a vida de muitos – ou nós a detonamos há algum tempo? – sim, certamente que sim. Mas mesmo assim não posso evitar essa sensação de ‘inutilidade’ toda manhã quando chego ao trabalho e me deparo com o noticiário matinal. Lamento mesmo pelo povo do Haiti e pelos irmãos brasileiros que a cada nova gota de chuva choram desesperadamente vendo seus sonhos de uma vida indo correnteza abaixo. Isso sem contar os irmãozinhos e irmãzinhas que tiveram suas almas levadas nesses dias sem sol, de deslizamentos, enchentes e tristeza.

Resta apenas alagar meu coração de compaixão. Deixar a lagrima escorrer solitária toda vez que vejo na TV o sofrimento do meu próximo – haitianos, brasileiros – não importam. Pra mim serão sempre irmãos de almas. O que será desse povo? O que será das tantas crianças que ficaram órfãs? O que será dessas pessoas que ficaram desse lado de cá?

Claro que Deus é justo demais para abandonar teus filhos. Tenho em mim que mesmo em meio aos escombros, a luz divina está lá... Confortando, acariciando o espírito daqueles que se vêem na escuridão de não saber por onde sair... De onde recomeçar. Amanhecerá um novo dia, talvez ainda um pouco distante... mas amanhecerá. A escuridão sempre é uma professora oculta... nos ensina a vencer e nesses casos, voltar a viver.

Torço para que a natureza abrande sua fúria. Se acalme.
Peço por todas essas pessoas diariamente.
E agradeço a Deus por estar aqui, intacta, com minha rotina habitual.
Sou solidária espiritualmente. Isso não me cansa, não me falta.

Enquanto todos lutam por uma nova vida, novas conquistas, novos espaços. Eu apenas luto pela paz espiritual, pelo conforto da alma, pela esperança perdida, partida. Nas minhas orações não peço por mim, peço pelo mundo, peço por minhas filhas, por minha família e todos aqueles que amo incondicionalmente. Pois minha alegria é vê-los bem. Sorrindo.
Nesses momentos é que encontro minha felicidade.
Pois o resto é meramente uma conquista!


By Jana

Nenhum comentário: