quarta-feira, 31 de março de 2010

** Cadê aS cOrEs? **


Dias ausentes de mim.

Pareço acordar sem o que há de mais importante em mim, meu coração.

E o dia se estende sem graça, sem ânimo algum.

Foram-se as cores, foram-se o brilho, se foi certa alegria especial que pulsava em minhas veias.

Nada e ninguém compreende.

Sempre minha dor é algo insensato, desnecessária para uma pessoa como eu.

Será que tenho que ser inabalável até mesmo quando minha única vontade seria ficar comigo mesma... e minha saudade?

Poxa, vejo meus sonhos mais íntimos se perdendo,

Tento não chorar tanto quando sinto esse aperto profundo no peito...

Mas se estou só....

Estou em meu mundo.

Mundo de lembranças, de saudades e falsas esperanças.

Preciso de tempo para me acostumar com tudo isso

E coragem para encarar tudo novamente...

Mas como, se meu coração não está aqui?

Os dias serão eternizados e que tenho em minha frente é só incertezas, medo.

O retorno da alegria não depende dessa minha tristeza toda.

Dependo apenas que minha visão se altere...

Que veja novamente a minha cor preferida, que enxergue beleza aonde muitas vezes nem exista...

O que me incomoda é minha incapacidade em se mudar tudo isso.

Nada posso fazer. Nada posso mudar.

Pois minhas certezas estão aqui comigo, claras e donas da verdade.

Preciso alimentar a alma do que sinto extrema falta.

Queria mesmo acordar, acender as luzes e ter a certeza que algo em mim, bate, vibra...

E me faz viver!

(...)

by Jana

http://www.youtube.com/watch?v=ZGoWtY_h4xo


Nenhum comentário: