sexta-feira, 8 de outubro de 2010

** Q VenhAm aS PriMavErAs **


Eita primavera que se vai assim do nada e me deixa apenas as marcas físicas de sua visita.
Marcas que se estendem, que crescem e devoram meus dias bonitos.
Mas em compensação, vou fechando o ciclo que me foi escolhido. Vou seguindo contra o vento meramente para se obter experiências do inexplicável.
 Não! Mas filosofia agora não.

A vida é uma no agora. Posso ter tido varias outras, posso senti-las em alguns períodos. Mas no momento ela é única.
A qual me causa dores de cabeças, mas também sorrisos que chegam a doer à boca.

A única que me faz conhecer o céu e o inferno ao mesmo tempo. Faz-me querer deixá-la de canto, me faz agarrar em seus braços pedindo que não me deixe...
Choro com ela... mas logo admiro como uma criança maravilhada.

Às vezes, ainda como criança, emburro em um canto. Destilo palavrões, tento afastá-la de mim, quero outra vida, mas em meia hora de soluços me acalmo. Levanto e saio correndo a sua procura – e pra ser bem franca, acho que vai ser sempre assim. Eu com a vida e ela com sua escolha (eu).

Ela me apresentou pessoas mais que especiais (e que fazem todo o diferencial em nosso meio)... me trouxe imagens, cenas grotescas, cenas inesquecíveis. Um conjunto de coisas que só me fazem querer mais e mais continuar.

Ontem essa mesma vida, me roubou na cara dura mais um ano. Sugou-o como se tudo lhe pertencesse, com promessas que guardaria tudo pra mim em um lugar especial.
Deixei que fossem... Afinal não preciso mais deste ano, preciso sim, conquistar o próximo!

Várias pessoas vieram comemorar a partida deste ano comigo. Várias presentes e outras ausentes... vivendo por aí suas vidas, seus momentos.
Para mim coube sonhar com coisas novas, rostos diferentes, sorrisos iluminadores.

As flores que se foram voltarão diferentes agora.
Que a felicidade esteja nessa nova etapa!
Tim-tim

(by Jana)

P.s.; A todas as pessoas que ontem 07 de outubro, meu dia especial, estiveram ao meu lado, um beijo na alma... Obrigado pelo carinho constante, pela amizade, pelo amor profundo. Tudo, tudo está guardado aqui no core... cada sorriso, cada pedacinho de bolo, cada lembrança, mensagens via orkut, torpedos, presentes. Amei tudo isso.


Um comentário:

End Fernandes disse...

Ainda falta eu entrega o meu presente meu anju rs =P