quarta-feira, 11 de junho de 2008

A cOnfUsÃoO é SuA oU nOsSa?

Segunda-feira, 9 de junho de 2008 – 17:48h

Eis que me questionaram o porque dos meus textos serem confusos.
Eis a resposta... eles podem até terem um pingo de confusão, mas faço isso propositalmente, coloco as coisas em partes aleatórias para as pessoas quebrarem a cabeça e tentarem entender a mensagem ou eu mesma.
Falo de sentimentos, emoções e no final escrevo alterando os fatos positivamente, como numa conversa casual (e geralmente bate-papos no mano-a-mano são confusos. Você pode começar sorrindo e terminar chorando, não há uma regra para se ter começo, meio e fim). Assim são meus textos.
As palavras me fazem expressar. A confusão faz parte das esquisitices da minha cabeça (tentem decifrar).
A obrigação em entender o coração alheio é vã. É preciso entender e ponto (mas enxergar com os olhos da alma). Isso não depende de sua vontade, do jeito que você quer que seja. Apenas é... tão certo como dois e dois são quatro.

Mas que venham os comentários... ADORO ELES.
Se não conseguirem postar os comentários, deixo aqui meu e-mail (JANABGSP@YAHOO.COM.BR)
Fiquem a vontade!!!!!

Nenhum comentário: