quinta-feira, 5 de junho de 2008

MuNdInHoOo NeGrOoo

Estou em devaneio. O dia está desbotado, meio sem graça mesmo. Pra ser mais objetiva, estou triste (nem parece, pois ninguém ainda percebeu isso em mim), talvez eu esteja ficando craque em enganar os olhos alheios... Mas não faço isso por maldade, apenas não estou a fim de dividir com as pessoas uma melancolia que vem de algum lugar tenebroso dentro de mim.
Sou assim. Já me acostumei. Hora bem, hora perdida em algum lugar que costumo chamar de meu mundinho...
Isso tudo porque sei que vou perder algo que ainda nem conquistei de fato, que estava tentando lapidar com a esperança de achar um diamante. Mas o que vejo é só lama.
Posso escrever de mim (sei meus pontos fracos, saberei descrever o que me faz feliz em uma única frase), mas lidar com os outros é uma tortura (desisto agora da psicologia, a qual seria um hobby ou continuo a sonhar com aquilo que escorrega entre meus dedos, feito areia ou feito água?).
“Desistir” (no dicionário quer dizer, ‘Renunciar a algo ou alguém; não prosseguir em ação, atitude) – na real, eu não suporto essa palavra. Mas ela é sensata no momento.
Eu não sei nem ao certo o que estou dizendo, tamanha é a confusão que me encontro. Almejo algo e para ser feliz precisarei desistir disso ou daquilo, mas sei que ficarei como uma menina que tem sua boneca roubada.
Ah, como uma pessoa pode em um dia estar vendo estrelas de tudo quanto é cor e no outro não enxergar nenhuma luz, nem uma pontinha iluminada, nada? Relativo? Coisas da vida.
O melhor agora é esquecer assuntos que só o final de semana irá resolver.
Amanhã é o dia da semana que mais gosto, estarei sim positiva (espero).
Por hoje é só... As palavras negras e sem vida teimam em ficar, mais serei eu mais forte... Parando... Desistindo por aqui...

BjOo
Jana

Nenhum comentário: